Impactos da transformação digital no mercado imobiliário

Impactos da transformação digital no mercado imobiliário

A transformação digital segue impactando diversos segmentos de mercado e tem impulsionado mudanças nos hábitos de consumo em todo o mundo. A era da informação consolidou também a transformação da economia e a forma como nos relacionamos, colocando a tecnologia como intermediária de várias das nossas ações cotidianas.

O mercado imobiliário também passou a incorporar ainda mais a tecnologia, seja em projetos imobiliários ou na comercialização e locação de imóveis. É cada dia mais evidente a preocupação das empresas em investir em soluções tecnológicas inovadoras para tornar seus empreendimentos mais atrativos e aumentar a capacidade de valorização dos imóveis. 

Neste artigo, abordamos as principais tendências e inovações que estão sendo implementadas no setor imobiliário para se adaptar à transformação digital e as novas necessidades de consumo.

Como a transformação digital impacta o mercado imobiliário?

Existem setores em que os impactos da transformação digital são notórios. É o caso da indústria audiovisual, por exemplo, que teve que se reinventar à chegada do streaming e as novas formas de consumo de filmes e séries. Ou no caso dos taxistas, que precisaram se adaptar para oferecer um melhor serviço a partir da chegada de aplicativos de caronas, que aumentou a concorrência e diversificou as opções de mercado.

O comércio também sentiu o efeito da era digital. Os consumidores se tornaram ainda mais exigentes, pois qualquer informação sobre a qualidade do produto, do serviço e até mesmo do atendimento estão disponíveis online, na palma de suas mãos e a um clique de distância.

No mercado imobiliário não é diferente. A forma de comprar e vender imóveis hoje em dia mudou consideravelmente em comparação a como era há poucos anos atrás, por exemplo.

A exigência do consumidor, bem como a popularização do uso de inovações tecnológicas são alguns dos impactos da transformação digital no segmento. Afinal, o consumidor possui agora uma capacidade muito maior de se informar e pesquisar opções por conta própria, fazendo com que tenham mais informação e conhecimento na hora de realizar seus investimentos.

Além disso, a própria experiência de compra e locação mudou. A visita remota à imóveis através da realidade virtual já está acontecendo, e é importante se preocupar em criar uma experiência completa para os compradores para facilitar o processo de venda ou locação de um imóvel.

Por este motivo, é importante que os empreendimentos sejam pensados nos mínimos detalhes, aliando a tecnologia para oferecer soluções que tenham impacto verdadeiro na vida das pessoas.

Quais as tendências da transformação digital no mercado imobiliário?

A pandemia nos deixou ainda mais conscientes do quanto nós estamos dependentes da tecnologia para realizar as tarefas que consideramos comuns e rotineiras. Apesar dos desafios que a crise trouxe para a econômica e para o mercado imobiliário, há também oportunidades e lições que podemos aprender. A construção de espaços urbanos de qualidade, voltados para as pessoas, está diretamente relacionado ao investimento em tecnologia e adaptação à transformação digital.

Listamos algumas das principais características que a transformação digital trouxe para os empreendimentos e para o mercado imobiliário. Confira! 

Arquitetura moderna

Empreendimentos residenciais ou comerciais que contam com uma arquitetura moderna são considerados melhores investimentos. Afinal, a fachada de um prédio ou uma modelagem 3D, são o primeiro contato que um cliente tem com o empreendimento. 

Além disso, o urbanismo — que sempre teve o papel de criar ambientes e espaços pensando no bem-estar das pessoas — tem papel fundamental no sentido de reduzir as distâncias entre residências e estabelecimentos comerciais para aproximar as pessoas de suas necessidades. Um dos pilares do novo urbanismo é justamente colocar a mobilidade no centro do planejamento e diversificar a utilização do espaço, misturando prédios residenciais, casas, escritórios, comércio e serviços.

Portanto, dispor de uma arquitetura moderna e sofisticada, tanto para imóveis residenciais quanto comerciais, é essencial para se adaptar ao contexto atual. Além disso, é de fundamental importância adotar práticas de gestão eficiente

Tecnologia e sustentabilidade

O uso da tecnologia em empreendimentos imobiliários inovadores também são um ponto forte. Cada vez mais os empreendimentos imobiliários contam com a ajuda da tecnologia para criar soluções inteligentes para as pessoas.

As smart houses — ou casas inteligentes — são uma tendência mundial e vêm, aos poucos, conquistando seu espaço no mercado nacional. A conectividade entra em cena para facilitar a vida das pessoas e, claro, agregar valor aos empreendimentos.

Além disso, a tecnologia é também aliada nas ações para reduzir o impacto ambiental. Reaproveitamento da água da chuva e armazenamento da energia solar são somente algumas das tendências adotadas para atender a crescente preocupação social e ambiental.

Bem-estar e qualidade de vida

Talvez o item mais importante dessa lista, o bem-estar e a qualidade de vida, são os que foram mais impactados pela transformação digital no mercado imobiliário. A tecnologia e a inovação têm um papel importante no planejamento urbano e desenvolvimento sustentável das cidades, a partir de empreendimentos pensados para atingir estes objetivos, fazendo com que sejam boas opções quando o assunto é investimento e valorização do imóvel.